Logo

Location Campinas

Av. Monte Castelo, 400
Jd. Proença • 13026-241

(19) 3308-7448 

(19) 99600-2699

Agendamentos e Informações

Home > Sua Saúde > Microagulhamento: um aliado da sua pele

Microagulhamento: um aliado da sua pele

O microagulhamento, também é conhecido como Indução Percutânea de Colágeno por Agulha (IPCA), consiste em uma técnica de microperfuração da pele empregando finas agulhas metálicas. O microagulhamento leva a um processo inflamatório local estimulando os fibroblastos a produzirem o colágeno, que é uma proteína importante da pele responsável pela firmeza e elasticidade da mesma.

A técnica de microagulhamento pode ser realizada empregando diferentes dispositivos sendo o roller (agulhas dispostas em um rolo) o mais comum dentre eles. Existem rollers com diferentes configurações no mercado, podendo ter variações entre o tamanho das agulhas e a quantidade delas no dispositivo. O tamanho das agulhas mais comumente empregado no microagulhamento por esteticistas é de 0,5mm, 1,0mm e 1,5mm. A escolha pelo tamanho da agulha cabe ao profissional e se dá pela profundidade da pele que se deseja atingir, porém convém deixar claro que agulhas maiores são apenas de uso médico. O fato é que quanto menor a quantidade e maiores as agulhas, maior é a lesão e, consequente, mais extenso o processo inflamatório resultante do microagulhamento.

Vale ressaltar a importância de se realizar o microagulhamento com profissional qualificado. Apesar de aparentemente ser uma técnica de simples execução existem pormenores tais como o tamanho da agulha, qual cosmético empregar, o modo de aplicação do roller e o intervalo entre as sessões que fazem todo o diferencial nos resultados do microagulhamento.

Outra questão comumente abordada é sobre a reutilização do roller entre as diferentes sessões do microagulhamento. O roller deve ser de utilização exclusiva do cliente e ser empregado em uma única aplicação, não sendo, portanto esterilizável.

O microagulhamento pode ser realizado em diversas partes do corpo dependendo do objetivo de sua utilização. Para tanto, destaca-se as indicações do microagulhamento para tratamento de marcas e manchas, particularmente de acne, atenuação de rugas e linhas de expressão, melhora no aspecto de estrias, diminuição de manchas de melasma além de ser indicado para o rejuvenescimento facial e tratamento de flacidez e alopecia.

O microagulhamento é indicado para qualquer pessoa? Certamente não. Este é mais um motivo da necessidade de buscar bons profissionais para a indicação e execução do procedimento. Algumas restrições ao microagulhamento são infecções ativas, como herpes, situações de imunossupressão, gravidez, pessoas com cicatrização hipertróficas.

O intervalo entre as sessões de microagulhamento deve ser de ao menos 20 dias, pois neste período ocorre a regeneração celular da pele. O número de aplicações é variado, embora, usualmente a partir da primeira aplicação já pode ser observado alguns resultados. As sessões de microagulhamento podem ser intercaladas com outros procedimentos estéticos visando melhores resultados.

Assim como para qualquer procedimento estético, o microagulhamento requer cuidados anteriores e posteriores à aplicação das agulhas. Anteriormente, deve-se suspender a utilização de cosméticos contendo ácidos, pois podem causar processos alérgicos. Mas as maiores preocupações são após a sessão de microagulhamento, uma vez que nas primeiras 24 horas após o procedimento é contraindicado o uso de qualquer cosmético, dentre eles protetores solares e maquiagem. Durante o processo inflamatório ocasionado no microagulhamento é proibitiva a exposição ao sol para evitar hiperpigmentação da região tratada e, sobretudo é importante o uso de cosméticos indicados pela profissional para que possam colaborar com o tratamento.

Finalmente, fica claro que o microagulhamento é um aliado de nossa pele e permite através de uma técnica simples, se bem indicada e executada, o tratamento de vários inconvenientes cutâneos com resultados verdadeiramente satisfatórios.

Compartilhar